• Animais de Poder

Totem do Escorpião



Um Breve Conto Egípcio do Escorpião:


"Eu sou Isis, A Grande Deusa, A Senhora Da Magia, A Poderosa em Sortilégios.


Saí de minha casa, onde meu irmão, Seth, me havia aprisionado, porque Thot me chamou, Thot, o duplamente Grande, Thot, senhor da justiça e da verdade na terra e no céu. O Deus do Conhecimento. Ele me chamou e me disse:


- Venha, ó Isis, agora é bom escutar, porque há vida para o homem que se deixa guiar pelos conselhos de outro. Esconda-te tu e teu filho, porque ele pode chegar até nós. Seus membros vão crescer, e também sua força se fará poderosa, e ele ascenderá ao trono de seu pai, a quem vingará e o posto de governante das Duas Terras, será dele.


Fugi quando Rá descendia em sua glória pelo lado ocidental do céu e o manto da noite cobria a sua imensidão. Comigo vieram OS 7 ESCORPIÕES e seus nomes eram: Tefen e Befen, Mestet e Mestetef, Petet, Tetet e Matet. Atrás de mim, estavam Tefen e Befen; Mestet e Mestetef  se encontravam a cada lado meu; à frente iam Petet, Tetet e Metet, vigiando e protegendo o caminho para que nada pudesse dificultar minha viagem. Eu lhes ordenei em voz alta e minhas palavras, atravessaram o vento e penetraram em seus ouvidos: Não reconheçam ninguém da terra negra, não saúdem a ninguém da terra vermelha, não prestem atenção a nenhuma criatura, nobre ou plebeu. Mantenham seus rostos firmes durante o caminho.


Então vaguei, pela Terra do Egito, com os sete escorpiões e desse modo, chegamos a Per-Sui, onde se venera o crocodilo e a cidade das Deusas Gêmeas, ali, onde começam os pântanos do Norte do País, onde há campos de papiros e onde os homens dos pântanos habitam; e daí às Grandes Águas Verdes da Terra do Norte.


Quando chegamos  perto das casas em que habitavam os homens dos pântanos, passamos próximo de uma casa onde vivia uma rica mulher de nome Usert. Ela se achava na porta. De longe me viu chegar cansada e dolorida, e de bom grado eu teria descansado em sua casa, porém, quando fui falar-lhe a respeito, ela fechou a porta com medo dos Escorpiões que me seguiam.


Continuei por meu caminho e encontrei uma mulher do povo, que abriu a porta da sua casa e eu pude descansar. No entanto, Mestet e Mestetef, Petet, Tetet, Matet e Befen fizeram um acordo e uniram todo o seu veneno no ferrão de Tefen, de modo que seu veneno se tornou sete vezes mais poderoso. Então, Tefen regressou a casa da mulher de nome Usert, aquela que nos negou abrigo. Sua porta continuava cerrada, porém, Tefen observou uma pequena fenda e através dela adentrou no interior da morada, onde encontrou o filho da mulher. Indo até ele, picou o menino com o seu ferrão, agora sete vezes mais poderoso e um incêndio se fez na casa da mulher, porém, não havia água para extingui-lo, mas o céu enviou a água. Foi um milagre, pois a estação das chuvas ainda estava distante.


A mulher de nome Usert, que nos havia negado abrigo, chorava, e seu coração estava triste, porquê não sabia se seu filho se encontrava com vida ou não. Ela estava vagando pelo povoado, chorando de dor, mas ninguém veio para lhe acudir durante o seu lamento. O som de suas lamentações chegou até mim e meu coração se encheu de tristeza por seu sofrimento. Senti piedade por ela e fui encontra-la intentando devolver a vida ao seu filho, livre de toda culpa. Juntas, fomos ao lugar onde jazia seu amado filho. Então, eu disse à mulher:


- Venha, venha a mim! Observa a minha boca que dá a vida, que tem o poder de destruir as criaturas maléficas, emitindo certas palavras, que meu pai me foi dado a conhecer. Sou Tua filha amada, a descendência do teu corpo!


E eu, Isis, A Senhora Da Magia, cuja voz faz com que se desperte da morte, disse em voz alta as Palavras de Poder, as Palavras que se pode ouvir ainda que na morte, e pus minha mãos sobre o corpo do menino a quem devia devolver a vida. Frio e imóvel estava seu corpo, devido ao sete vezes poderosos veneno de Tefen. Então, pronunciei um sortilégio mágico contra o veneno do Escorpião Tefen, e estas foram as minhas palavras:


Ó, veneno de Tefen, sai desse corpo, e caia sobre a terra!

Veneno de Befen, não avances, não penetres mais, saia fora desse corpo e caia sobre a terra!

Porque eu sou Isis, a Grande Maga, Senhora dos Sortilégios. Pratico a magia e sei que palavras pronunciar. Escutem, vós, todos os répteis que possuem o poder de morder ou picar.

Caia, ó veneno de Mestet!

Fique para trás, ó veneno de Mestetef!

Não circule, veneno de Petet e Tetet!

Fique longe, veneno de Matet!


Agora segue o sortilégio contra o veneno, dado por Geb à Isis:


Não clame aos Tesheru (os vermelhos), dirija teu olhar para longe das nobres senhoras que estão em suas casas, até que cheguemos aos lugares onde nos proteger em Jeb, a terra de Buto. O menino viverá, o veneno vai minguar. Como Hórus se fez forte pela intervenção de sua mãe, o que foi ferido se fará forte também.


Então o menino se recuperou, e o fogo provocado na casa foi totalmente extinto, e o céu estava satisfeito com as palavras de Isis, a Grande Maga. Usert me trouxe algumas jóias e riquezas e os levou a casa da mulher humilde, como recompensa por haver aberto a porta para mim, quando eu, cansada e dolorida pedi pouso, para refazer-me das fadigas.


E agora os homens das suas terras fazem massa de farinha de trigo e sal, depositando-a sobre as feridas infringidas pelo ferrão do escorpião,e logo recitam as Palavras de Poder que eu recitei sobre o filho de Usert quando o sete vezes poderoso veneno de Tefen estava em seu corpo, por que eu sou Isis, a Grande Maga, Senhora dos Sortilégios."





E é com essa História Sagrada narrada pela Deusa Isis que começamos a falar desse animal tão símbolico!!!


A mãe escorpião para proteger sua cria, os mantém debaixo do seu ferrão. Disposta a matar seus predadores sobre qualquer suspeita de ataque aos seus!


A IMPULSIVIDADE


Você sabia que além da Deusa Isis estar conectada com o escorpião...existe no Egito a própria Deusa Escorpião???


É ela:


Serket é a Deusa Escorpião, a quem os egípcios recorriam para pedir cura e proteção contra picadas de animais venenosos. Deusa responsável por cegar Após, o inimigo de Rá. Era a mãe dos mortos, dando-lhes o sopro da vida após a morte. Foi Serket quem enviou sete de seus escorpiões para proteger Ísis de Seth, quando ele a perseguiu para impedir que Hórus nascesse.


Atributos da Deusa Escorpião: Proteção, Cura contra animais peçonhentos, Calor Solar do meio-dia, Morte-renascimento, cura de problemas respiratórios, protetora de mulheres durante o parto, Deusa dos ritos funerários e Senhora das Passagens.


Há registros científicos de que os escorpiões têm mais de 400 milhões de anos de existência. Segundo pesquisas, estas criaturas foram os primeiros artrópodes no ambiente terrestre.


Existe um conto zen que tem como personagem o escorpião. E conta que, um dia, um mestre Zen viu um escorpião se afogando e em um ato de compaixão foi tirá-lo da água.


O escorpião reagiu e o picou.


O mestre, por causa da dor da picada, soltou o escorpião que caiu, novamente, na água. Mesmo assim, o mestre foi tirá-lo, de novo, da água e, mais uma vez, o escorpião o picou.


Um jovem discípulo que presenciou a situação, disse ao mestre:


– Senhor, por que continua a ser picado pelo escorpião? Cada vez que tenta tirá-lo da água, ele lhe pica!


O mestre respondeu:


– A natureza do escorpião é picar, e a minha é ajudar!


O mestre depois de refletir encontrou uma solução e com uma folha de planta, tirou o escorpião da água e salvou sua vida.


Em seguida, disse ao jovem discípulo:


– Mesmo que alguém te magoe ou te fira, seja o amor que vive em você!





Este conto reflete a natureza intensa desse animal que, para se defender, ataca (não por maldade, mas por defesa, deixemos claro). Isso faz parte de sua natureza e, afinal, cada ser humano tem a sua, por isso cada um flui segundo o que sabe ser!


E assim vamos aprendendo a lidar com a vida, como o mestre fez com o escorpião, encontrando uma forma de ajudá-lo, sem precisar se ferir.


A IMPULSIVIDADE é necessária. Saber dosá-la é o segredo!


Lembre-se que os escorpiões, por mais venenosos que sejam, nunca agridem e atacam à toa. O seu impulso de atacar é sempre uma resposta à uma situação de perigo que eles percebem, e o sentido do ataque para eles é sempre se deferem!




Mas e a sombra desse animal de Poder??...


Rancor & Vingança


O quanto você já vibrou nesses 2 atributos?


O quanto você já sentiu eles, de dentro pra fora e de fora pra dentro?


Reconhecer esses atributos em você é reconhecer a parte mais sombria de um Escorpião:


RANCOR



1.


sentimento de profunda aversão provocado por experiência vivida; forte ressentimento.


2.


ódio profundo, não expresso


VINGANÇA




1.


ato lesivo, praticado em nome próprio ou alheio, por alguém que foi real ou presumidamente ofendido ou lesado, em represália contra aquele que é ou seria o causador desse dano; desforra, vindita.


2.


qualquer coisa que castiga; castigo, pena, punição.





Sendo mais direto e certeiro como uma picada de escorpião, responda internamente:


O que te mata mais rapidamente?


Reflita e responda com a sua verdade!!! No seu tempo.... Sem impulsividade ok. Pois uma vez respondida a pergunta não tem como responder novamente... então pense e responda com calma.


Acreditamos que já deu para sentir bem a sombra do Escorpião não é mesmo?



22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo