• Animais de Poder

Totem do Pássaro Trovão



Entre os nativos norte-americanos, o pássaro-trovão é um espírito poderoso. O relâmpago brilha no seu bico, e suas asas criam o trovão. É freqüentemente acompanhado de espíritos pássaros menores e são representados também como águias, gaviões ou falcões reais.

Representa o totem do elemento fogo na Roda Xamânica Nativa Americana ou Roda de Cura.



Thunderbirds são predominantes em toda a cultura nativa da América do Norte, a partir do noroeste do Pacífico, para as Grandes Planícies, e até ao Sudoeste. Embora existam diferenças de número características, cada grupo acredita que as asas de Thunderbird causam um trovão, quando voam, que de seus olhos saem relâmpago e que poderiam criar tempestades e convocar nuvens.



Dependendo da história, o Thunderbird pode ser uma entidade como deus, ou uma espécie de semi-deuses. Um bando de thunderbirds provavelmente poderia derrubar a maior parte dos Estados

Unidos, considerando que somos dependentes da eletricidade.


Thunderbirds também fazem parte da criptozoologia, pois existem relatos de pessoas que afirmam ter avistado o tal passáro gigantesco pelos céus. Os nativos americanos dizem que o vôo do Thunderbird sobre uma determinada era presságio de desgraça pois não iria tardar para uma tempestade furiosa devastar a região.



Os Thunderbirds muitas vezes eram retratados no topo de totens indígenas norte-americanos, eles eram tanto temidos quanto adorados pelos nativos americanos, os índios miami os chamavam de Piasa ou devorador de homens, sendo que algumas vezes sacrifícios eram feitos para que a criatura não atacasse a tribo.


O Thunderbird ou Pássaro do Trovão é uma criatura lendária da cultura dos povos indígenas da América do Norte. É considerado um ser sobrenatural de poder e força. É especialmente importante, e freqüentemente retratado, na arte, canções e histórias orais de muitas culturas da Costa Noroeste do Pacífico, mas também é encontrado em várias formas entre alguns povos do Sudoeste Americano, Costa Leste dos Estados Unidos, Grandes Lagos, e também nos Índios das Planícies.



Ele teria dois metros de altura e suas penas teria colorações cinza marrom e preto.

Seu canto soa como um trovão, e seus filhotes soam como os ruídos que vem em seguida. A maioria habita altas montanhas e serve como mensageiro para o Grande Espirito, eles podem assumir a forma humana, e alguns deles até mesmo acabam se casando com mortais

Não eram criaturas malignas, já que muitas vezes protegiam pessoas ao atacar monstros gigantes como Mishipishu, a enorme cobra do lago Superior e o monstruoso Unktehila, dizem que sua refeição favorita e inimigos naturais eram os espíritos da água.




Para os Xamãs e Povos Indíginas das Américas:

O pássaro thunderbird é uma criatura lendária na história e cultura de certos povos indígenas da América do Norte . É considerado um ser sobrenatural de poder e força.

É especialmente importante e frequentemente representado na arte, canções e histórias orais de muitas culturas da costa noroeste do Pacífico , mas também é encontrado em várias formas entre alguns povos do sudoeste americano , costa leste dos Estados Unidos , Grandes Lagos e Grandes Planícies .

Na mitologia Algonquiana , o pássaro-trovão controla o mundo superior enquanto o submundo é controlado pela pantera subaquática ou Grande Serpente Chifruda . O pássaro-trovão cria não apenas trovões (com seu bater de asas), mas relâmpagos, que lançam nas criaturas do submundo.

A versão ojíbua do mito afirma que os pássaros- trovão foram criados por Nanabozho com o propósito de lutar contra os espíritos subaquáticos. Eles também foram usados ​​para punir humanos que quebrassem as regras morais. Os pássaros- trovão viviam nas quatro direções e chegavam com os outros pássaros na primavera. No outono, eles migraram para o sul após o fim da temporada mais perigosa dos espíritos subaquáticos.

Os Menominee do norte de Wisconsin falam de uma grande montanha que flutua no céu ocidental na qual habitam os pássaros-trovão. Eles controlam a chuva e o granizo e se deleitam em lutas e feitos de grandeza. Eles são os inimigos das grandes cobras com chifres (as Misikinubik) e as impediram de invadir a terra e devorar a humanidade. Eles são mensageiros do próprio Grande Sol.

A tradição de Ho-Chunk afirma que um homem que tem a visão de um pássaro-trovão durante um jejum solitário se tornará um chefe de guerra do povo.



Nas interpretações Ciênctificas:

A historiadora da ciência e folclorista americana Adrienne Mayor e o historiador britânico Tom Holland sugeriram que as histórias dos pássaros thunderbird indígenas são baseadas em descobertas de fósseis de pterossauros pelos nativos americanos. No entanto, também foi observado que, por quem? apesar das variações, os elementos de design comuns do motivo dentro de diferentes grupos tribais em todo o continente parecem distintos da composição do réptil voador pré-histórico sugerido , como águia ou ave semelhante a uma ave de rapina asas e cauda com penas, juntamente com uma forma de cabeça muito diferente, talvez com exceção de algumas imagens do noroeste do Pacífico .





36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo