Resultados da busca

74 itens encontrados

  • Totem do Lêmure

    Lêmure significa conhecimento secreto, navegação, orientação e ficar em cima. Se um Lêmure se apresentou para você, isso provavelmente significa que ele quer que você adquira um conhecimento mais profundo sobre as incógnitas. Medite sobre um lêmure e ele vai te mostrar coisas que você precisa saber. Você apenas tem que manter a mente aberta para o mundo natural. Isso não quer dizer que uma coisa não existe quando você não pode vê-lo a olho nu. Olhe para a coisa que é mantê-lo vivo, você não pode ver o ar, mas você sabe que ele está lá, você só tem que acreditar que ele existe. A Habilidade do Lêmure é acessar o conhecimento das florestas. Vendo o invisível. Capacidade para compreender conceitos acima da estática vida . A compreensão de como permanecer acima da disputa de vida. Capacidade de navegar através da floresta. Nas florestas de Madagascar, ecoa um som de assombração que arrepia até a alma...esse som vem do Lêmure, conhecido como o fantasma da floresta. Lêmures são mais primitivos do que os macacos, e seu nome significa "fantasma". Quando o lêmure aparece no totem, traz com ele o contato com os espíritos. Vamos começar a ver e ouvir a presença de espíritos e fantasmas mais claramente. Eles não será prejudicial, mas a sua presença pode ser um pouco surpreendente para nós por causa de seus fenômenos que o acompanham. Vamos ver formas e sombras em movimento ou ouvir sussurros e sons aparentemente assombradas. À medida que trabalhamos para se conectar de forma mais clara, eles se tornarão mais distinta. Às vezes, eles anunciam o retorno de um amigo de infância "imaginário". Quando o lêmure aparece, a abertura para o domínio espiritual com respostas, que podem vir dele, começam a se manifestar. Você está ignorando os fenômenos? Você confia em que você ouve? Você está assombrado pelo passado e precisar de esclarecimentos?

  • Totem da Mariposa

    Assim como a borboleta, a mariposa também passa pelo processo de metamorfose, tão significativo como símbolo de transformação. Mas ao contrário das borboletas, as mariposas são noturnas e seus significados são ainda mais misteriosos. Para os astecas, a mariposa era conhecida como o "Sol Negro", pois atravessa os mundos subterrâneos em sua viagem noturna. Há uma deusa na mitologia asteca chamada Itzpapalotl - de "itzili", obsidiana, e "papalotl", mariposa, pois em suas asas leva navalhas de obsidiana, uma pedra negra. A mariposa Attacus atlas é associada com esta deusa. A mariposa é o fogo oculto que simboliza a morte - mas a morte transformadora, pois deve-se compreender que não é esmagando a lagarta que conseguimos que ela se transforme em borboleta ou mariposa. Trata-se de um ciclo contínuo de transformação. Portanto, também simboliza a imortalidade. As mariposas são o movimento nas sombras, a alma das bruxas. Sentem-se atraídas pela luz, simbolizando a busca arrebatada pela verdade, assim como a alma se sente atraída pela divindade. Também da força consumidora da paixão, pois voa em torno do fogo, que a atrai irresistivelmente, até ser queimada. Uma mariposa é o símbolo do renascer, da transformação e da liberdade na vida. Ela se transforma de um bicho que se arrasta na terra em outro, capaz de tocar o azul celeste do firmamento. Mais ou menos o mesmo sentido da vida humana. Ela simboliza também a alma, o renascimento, a passagem do mundo terrestre para o espiritual. São consideradas também como um ente, entre o mundo dos mortais e o mundo sobrenatural. Dizem também que os espíritos tomam a forma de mariposa, ou se apoderam do corpo de uma mariposa, para voltar e serem livres por este mundo, cuidar de quem amam e, se necessário, adverti-los sobre acontecimentos futuros. Dizem que quando os seres humanos morrem, eles voltam na forma de mariposas, para cuidar de seus entes queridos. É conhecida também como a mensageira de Deus, aquela que leva boas notícias e proteção.

  • Totem do Lobo Guará

    Visão excepcional para aproveitar ao máximo os dons que possui. Com seus sentidos aguçados o lobo guará nos traz a consciência de que o verdadeiro mestre não se submete as pressões externas, pois não precisa do reconhecimento alheio. Ele nos mostra também que a sabedoria instintiva nos traz a visão de nossa responsabilidade com o processo de vida que experimentamos na terra. Quando vibra na sombra, expõe uma vontade fraca, medo e insegurança. O Lobo guará aconselha você a não ser medíocre e a não exercer uma mediunidade tola, pois ele é capaz de enxergar profundamente, em cada um de nós, qualquer defeito. O lobo-guará é o maior canídeo da América do Sul. É um primo distante dos cães do pólo-norte e parente próximo da raposa-do-campo e do cachorro-do-mato. É muito tímido e solitário, mas não é feroz como muitos pensam. O lobo guará só ataca quando está com medo. Uma antiga lenda popular brasileira também contribui para a matança deste animal, diz-se que se pode obter sorte arrancando o olho esquerdo de um lobo guará vivo. Os lobos guarás vivem em pares familiares. Geralmente um casal, monogâmico por toda a vida, divide a mesma área, mas raramente são vistos juntos exceto durante a estação de reprodução. Você tende a aceitar os padrões pré-estabelecidos, não por moralismo, mas por gostar de ordem e de disciplina, de ideias morais do mais alto nível. Estas são as qualidades que fazer de você um ser humano íntegro e justo. Embora possua uma inteligência humanística, que busca ponderar opiniões oposta são seu modo de ser, é sempre difícil para você adaptar-se a situações totalmente novas. Sobre pressão pode tornar-se dogmático, rígido e pouco sociável. Se age assim, então esta na hora de ampliar a própria conduta espiritual, em vez de se apegar tanto a velhos conceitos.

  • Totem do Esturjão

    O esturjão está entre os peixes mais antigos, remontando aos dinossauros que vagavam pela terra, daí seus espinhosos, corpos físicos pré-históricos, força e capacidade de sobrevivência. Ele é um dos peixes de água doce que vivem até 150 anos e, por isso, é um símbolo extremamente sagrado e sábio. Tendo seu habitat preferido lugares com grande profundidades e principalmente há um movimento rápido das correntes de aquáticas. A energia do esturjão exige respeito e nos pede para conhecer nosso maior potencial. Ele é peixe muito protetor, com mecanismos de defesa embutidos, como saliências em suas costas chamadas de escamas, para protegê-los de predadores. Para os povos nativos americanos os esturjões eram considerados a realeza dos peixes, eles sobreviveram milhões de anos adaptando-se e perseverando em muitos desafios diferentes. É o guardião de uma vida longa e uma velhice fecunda, o esturjão também nos ensina a compartilhar, a contar nossas bênçãos e a evitar desperdícios. O esturjão nos ensina sobre a longevidade, mostra que sentimentos profundos e força interior são uma dádiva e como viver em equilíbrio e harmonia com elas. Eles sabem transitar nas memórias e em emoções profundas ajudando a limpar os resíduos desses padrões emocionais. Nativos do totem do esturjão tendem a mostrar um exterior agressivo e espinhoso para esconder seus verdadeiros sentimentos, feridas por dentro de seus corações sensíveis e delicados. Eles tendem a esconder sua dor e preocupação interiores, mas são sensíveis e cientes da dor dos outros. Se estiverem em equilíbrio , eles podem sentir facilmente o que os outros estão sentindo, sem que isso os afete. As pessoas que nasceram com o totem do Esturjão precisam se proteger contra a impulsividade, a arrogância e a tendência de dominar qualquer cenário.

  • Totem do Pássaro Trovão

    Entre os nativos norte-americanos, o pássaro-trovão é um espírito poderoso. O relâmpago brilha no seu bico, e suas asas criam o trovão. É freqüentemente acompanhado de espíritos pássaros menores e são representados também como águias, gaviões ou falcões reais. Representa o totem do elemento fogo na Roda Xamânica Nativa Americana ou Roda de Cura. Thunderbirds são predominantes em toda a cultura nativa da América do Norte, a partir do noroeste do Pacífico, para as Grandes Planícies, e até ao Sudoeste. Embora existam diferenças de número características, cada grupo acredita que as asas de Thunderbird causam um trovão, quando voam, que de seus olhos saem relâmpago e que poderiam criar tempestades e convocar nuvens. Dependendo da história, o Thunderbird pode ser uma entidade como deus, ou uma espécie de semi-deuses. Um bando de thunderbirds provavelmente poderia derrubar a maior parte dos Estados Unidos, considerando que somos dependentes da eletricidade. Thunderbirds também fazem parte da criptozoologia, pois existem relatos de pessoas que afirmam ter avistado o tal passáro gigantesco pelos céus. Os nativos americanos dizem que o vôo do Thunderbird sobre uma determinada era presságio de desgraça pois não iria tardar para uma tempestade furiosa devastar a região. Os Thunderbirds muitas vezes eram retratados no topo de totens indígenas norte-americanos, eles eram tanto temidos quanto adorados pelos nativos americanos, os índios miami os chamavam de Piasa ou devorador de homens, sendo que algumas vezes sacrifícios eram feitos para que a criatura não atacasse a tribo. O Thunderbird ou Pássaro do Trovão é uma criatura lendária da cultura dos povos indígenas da América do Norte. É considerado um ser sobrenatural de poder e força. É especialmente importante, e freqüentemente retratado, na arte, canções e histórias orais de muitas culturas da Costa Noroeste do Pacífico, mas também é encontrado em várias formas entre alguns povos do Sudoeste Americano, Costa Leste dos Estados Unidos, Grandes Lagos, e também nos Índios das Planícies. Ele teria dois metros de altura e suas penas teria colorações cinza marrom e preto. Seu canto soa como um trovão, e seus filhotes soam como os ruídos que vem em seguida. A maioria habita altas montanhas e serve como mensageiro para o Grande Espirito, eles podem assumir a forma humana, e alguns deles até mesmo acabam se casando com mortais Não eram criaturas malignas, já que muitas vezes protegiam pessoas ao atacar monstros gigantes como Mishipishu, a enorme cobra do lago Superior e o monstruoso Unktehila, dizem que sua refeição favorita e inimigos naturais eram os espíritos da água. Para os Xamãs e Povos Indíginas das Américas: O pássaro thunderbird é uma criatura lendária na história e cultura de certos povos indígenas da América do Norte . É considerado um ser sobrenatural de poder e força. É especialmente importante e frequentemente representado na arte, canções e histórias orais de muitas culturas da costa noroeste do Pacífico , mas também é encontrado em várias formas entre alguns povos do sudoeste americano , costa leste dos Estados Unidos , Grandes Lagos e Grandes Planícies . Na mitologia Algonquiana , o pássaro-trovão controla o mundo superior enquanto o submundo é controlado pela pantera subaquática ou Grande Serpente Chifruda . O pássaro-trovão cria não apenas trovões (com seu bater de asas), mas relâmpagos, que lançam nas criaturas do submundo. A versão ojíbua do mito afirma que os pássaros- trovão foram criados por Nanabozho com o propósito de lutar contra os espíritos subaquáticos. Eles também foram usados ​​para punir humanos que quebrassem as regras morais. Os pássaros- trovão viviam nas quatro direções e chegavam com os outros pássaros na primavera. No outono, eles migraram para o sul após o fim da temporada mais perigosa dos espíritos subaquáticos. Os Menominee do norte de Wisconsin falam de uma grande montanha que flutua no céu ocidental na qual habitam os pássaros-trovão. Eles controlam a chuva e o granizo e se deleitam em lutas e feitos de grandeza. Eles são os inimigos das grandes cobras com chifres (as Misikinubik) e as impediram de invadir a terra e devorar a humanidade. Eles são mensageiros do próprio Grande Sol. A tradição de Ho-Chunk afirma que um homem que tem a visão de um pássaro-trovão durante um jejum solitário se tornará um chefe de guerra do povo. Nas interpretações Ciênctificas: A historiadora da ciência e folclorista americana Adrienne Mayor e o historiador britânico Tom Holland sugeriram que as histórias dos pássaros thunderbird indígenas são baseadas em descobertas de fósseis de pterossauros pelos nativos americanos. No entanto, também foi observado que, por quem? apesar das variações, os elementos de design comuns do motivo dentro de diferentes grupos tribais em todo o continente parecem distintos da composição do réptil voador pré-histórico sugerido , como águia ou ave semelhante a uma ave de rapina asas e cauda com penas, juntamente com uma forma de cabeça muito diferente, talvez com exceção de algumas imagens do noroeste do Pacífico .

  • Totem do Ganso

    O ganso é um animal que vive entre a terra e o céu. Considerado excelente comunicador e mensageiro, o simbolismo do totem do ganso sugere que nos comuniquemos mais e vivamos juntos em colaboração comunitária. O simbolismo do ganso é ampliado devido ao seu comportamento migratório, eles migram no outono e voltam na primavera, voam em formação que lembra a letra "V", indicando o momento para abertura para novas direções, novas ideias e possibilidades, boas notícias, um embarque em uma busca espiritual. O ganso mostra grande resistência durante as migrações, podendo voar até 1600 km sem parar. Os gansos no mundo espiritual são os mensageiros do além, permitem manter a ligação entre o mundo visível e o mundo invisível. No Egito, quando um novo rei sobe ao trono, quatro gansos são soltos na selva, em todas as quatro direções, para avisar o povo dos deuses do novo líder na Terra. Essa facilidade do Ganso em viajar de um mundo a outro o tornou o animal favorito que os xamãs usam em sua jornada imóvel, especialmente no mundo dos mortos. Ainda no Egito o Ganso é a representação do Deus GEB: esse deus é representado na forma de um homem barbado trazendo na cabeça um ganso ou a Coroa Branca com adornos, conhecida por Coroa Ritual. Também podia ser retratado simplemente como um Ganso, palavra cuja grafia em egípcio também era Geb "Ganso", e essa ave era seu símbolo, seu animal sagrado e fazia parte da grafia de seu nome em hieróglifos: HIERO GEB. Por essa associação com o ganso ele é amiúde denominado o Grande Cacarejador e sua filha Ísis às vezes recebia o epíteto de Ovo do Ganso. Geralmente surge como um homem com a pele verde ou preta, a cor das coisas vivas: a vegetação e o lodo fértil do Nilo, respectivamente. Também frequentemente era desenhado deitado de lado sobre a terra, com plantas brotando de seu corpo. Sendo o deus-terra, a terra formava o seu corpo e era chamada de A Casa de Geb ou a Casa do Deus Ganso. O ganso também é um símbolo de fidelidade conjugal. Os chineses costumavam oferecer alguns gansos para o noivado, simbolizando a força do compromisso. Os gansos são um casal para toda a vida. Uma vez juntos, o mesmo casal fará ninhos e procriará a cada estação. No Império Romano, os gansos eram os guardiões do Capitólio, eles protegiam a cidade da invasão gaulesa, devido a serem pássaros territorialistas os gansos são muito agressivos e barulhentos quando alguém invade o seu território, o que o coloca em contato com o estado do espirito do guerreiro. Ainda hoje, os gansos são considerados guardas vigilantes. A medicina do ganso é indicada para aumentar a comunicação, aconselhamento de casais e para ajuda mútua com seus entes queridos, colegas de trabalho. O ganso é um animal protetor do lar, e ele também fala sobre a fidelidade, o casamento, a família, compromissos e promessas e toda a representatividade que esses fatores tem em sua vida. Quando o Ganso aparece em seu caminho, talvez seja um sinal de que você está pronto para assumir a responsabilidade de uma família, ou se comprometer com um relacionamento de longo prazo. Mas antes, o que você precisa alinhar no momento em seu lar? A medicina do ganso pode ajudá-lo a encontrar o equilíbrio, a calma e orientação necessária para onde a sua energia deve ser utilizada para harmonizar essa questão, principalmente quando você se concentrou em uma área da sua vida enquanto negligenciava outras. O ganso incentiva a ser fiel aos seus valores e a incorporá-los em suas ações, ele também inspira a defender você mesmo e a sua família. A mensagem que o Ganso traz é sempre clara, direta, com objetivo de despertar a consciência, romper contradições, inconsistências e manipulações. Nativos do totem do ganso são pessoas leais e amorosas, que apreciam o conforto e a segurança da vida doméstica. São pessoas que adoram viajar, principalmente em férias anuais em família. Normalmente são pessoas calmas, porém teimosas e tornam-se agressivas quando ficam com raiva. O ganso te alerta para ao apego a seu território, suas posses e seus relacionamentos. Um relacionamento feito para durar deve ser baseado no respeito mútuo e na liberdade individual, em vez de no ciúme e na possessividade. Ficar com alguém que não é certo para você pode não ser o melhor para você.

  • Totem do Galo

    O simbolismo do galo é muito profundo, conhecido como o leão dos pássaros, devido a característica de macho alfa do topo da sociedade hierárquica que existe dentro do galinheiro, portanto, podemos considera-lo “o rei do galinheiro.” Esse totem tem como simbolismo a virilidade, a fertilidade, a sexualidade, a vigilância espiritual e a ressurreição. O galo é símbolo da sexualidade, porque um único galo fecunda e cuida de toda uma ninhada de galinhas. Além disso, por causa de seu canto ao amanhecer, muitas vezes é considerado um símbolo solar. Pelo próprio fato de cantar quando o Sol nasce, o galo também era muitas vezes considerado um guardião, aquele que primeiro anuncia o nascimento ou renascimento da luz do dia e, metaforicamente, o guardião da vida eterna que avisa ao homem que outro a vida espera por ele. É por causa dessa atividade que ele é visto como o inimigo de fantasmas e espíritos malignos que vagam livremente à noite e confinados durante o dia. Outra razão para sua associação com a ressurreição é devido à velha história de como um galo anunciou o nascimento de Cristo. O galo na Índia, é o atributo de Skanda, que personifica a energia solar. No Japão, seu papel é importante, pois seu canto, associado ao dos deuses, tirou Amaterasu, deusa do Sol, da caverna onde se escondia: que corresponde ao nascer do sol, à manifestação da luz. Nas tradições nórdicas, o galo ainda é um símbolo de vigilância guerreira. Ele observa o horizonte nos galhos mais altos do cinza Yggdrasil para alertar os deuses, quando os gigantes, seus inimigos eternos, se prepararão para atacá-los. Mas o freixo, uma árvore cósmica, é a origem da vida. O galo, que zela como protetor e guardião da vida. O galo também é um dos doze signos do zodíaco da astrologia tradicional chinesa. É um sinal de entusiasmo e bom humor. Se o galo for o seu totem, pode ser para distribuir esta mensagem ou ensiná-lo a ser mais direto. Um galo pode estimular um novo senso de otimismo e pode ajudá-lo a aceitar suas próprias peculiaridades. O galo como animal de poder indica que você realizou algo e deseja que os outros percebam. Os nativos do totem do galo são pessoas confiantes, trabalhadoras e otimistas. Possuem um lado ativo (yang) muito forte, pessoas desse totem não gostam de rodeios e são muito diretas, valorizam o prazer de amar e viver. O galo te alerta para que proteja e seja eficaz com suas fronteiras contra as más influências da noite, alerta também para energias estranhas que quem algo que é seu. Protege contra o risco de roubo. O galo está sempre procurando a presença de negatividade ou pecado, em você e nos outros. O galo será sempre um totem de grande poder e grande mistério. Tem ligações com o passado antigo e fornece pistas sobre seus poderes no futuro. O galo também é o símbolo da inteligência vinda de Deus. Ao galo foi concedida a faculdade de previsão, o nascimento do dia, como o Messias, ele anuncia o dia que segue à noite. Além disso, aparece nas setas de igrejas e torres de catedrais, representando a supremacia da espiritualidade sobre a vida humana, a origem celestial da iluminação salvífica. A vigilância da alma atenta, para perceber na escuridão final da noite as primeiras luzes do espírito nascendo.

  • Totem do Salmão

    O salmão é o guardião sagrado da sabedoria e do saber interior que, apesar das fortes correntes marítimas, irá sempre regressar ao rio onde nasceu. A sua determinação é alimentada pela sabedoria do instinto e do conhecimento interior. O salmão tem a força, a motivação e as faculdades intuitivas que o fazer saber exatamente o que precisa fazer e como fazer. Faça esta viagem de geração de sonhos férteis, propósito, autorrealização, fertilidade. A medicina do salmão considera que você aproveite as oportunidades que surgem em situação e a reconhecer as lições que elas trazem, as experiências fáceis e difíceis que você tem aumentam seu nível de sabedoria. Ela ensina que mesmo quando o fluxo da vida parece estar levando você para longe, você pode contar com os recursos ocultos de sua mente e de seu conhecimento interior. O seu conhecimento interior lhe diz para seguir o fluxo de seus sentimentos genuínos, aceitando todas as experiências de vida como lições, em vez de provações. O Salmão mostra-nos como cada curva do rio é uma nova aventura, com uma lição que nos fará crescer. Esse conhecimento se torna sabedoria real quando o aplicamos em nossa vida. Pessoas do totem do salmão são determinados, impulsivas, independentes e raramente desanimam pelos obstáculos da vida, pelo contrário se sentem motivadas e estimuladas pelos desafios que estão porvir. Nativos desse totem também tem a coragem de viver a vida da maneira que elas querem, não tendo medo de ir contra a maré, abordando os problemas de frente e os superando bravamente para realizar seus sonhos e objetivos de chegar aonde deseja. Nativos desse totem pode encontrar a fonte das coisas e oferecer grande ajuda aos outros. Você pode ter um conhecimento prévio dos eventos que estão por vir; seu presente especial é ajudar as almas perdidas a encontrar o caminho de volta para suas casas. Se é uma arte deixar-se levar e se deixar levar pela direção da corrente, há períodos da nossa existência em que precisamos voltar à fonte, entender a origem de uma situação. Na grande lei de causa e efeito, o universo nos mostra que nada do que nos acontece é devido ao acaso. Não existe sorte ou azar. Existe apenas um elo ininterrupto de causa e efeito. Cada causa produz um efeito e cada efeito encontra sua fonte em uma causa. Isso é chamado de lei do karma. Para entender o que está acontecendo conosco hoje, é necessário entender o que aconteceu conosco ontem. É preciso discernimento, honestidade e coragem. Pois a lei do karma é implacavelmente verdadeira. Se você meditar e aceitar a lei do karma, você sairá da condição de vítima. Às vezes, nos recusamos a admitir que somos responsáveis ​​pelo que nos acontece. O salmão então nos ajuda a recriar a ligação entre as dimensões de nossa existência. O totem do salmão pede para você acreditar em sua intuição e conhecimento interior. Evite pessoas que podem ter interesses ocultos ou que manipulam eventos para seu próprio beneficio. Você precisa de um momento de pausa e reflexão sobre suas experiências pessoais para estabelecer se a corrente o está movendo para frente ou para trás. O salmão indica também que você está buscando a aprovação dos outros se conformando em vez de ouvir a voz da sua experiência interior. Você pode também estar sendo teimoso e negando a realidade de uma situação, insistindo em estar certo e no controle a ponto de ofuscar sua sabedoria intuitiva.

  • Totem do Guaxinim

    O Guaxinim é o Robin Hood do mundo animal. Ele é o protetor dos pobres, dos necessitados e dos velhos que todos esqueceram. O guaxinim não são tímidos, eles são onívoros e ficam satisfeitos com quase tudo que encontram. Apesar disso, ele é muito atencioso com sua comida. Se estiver perto da água ou se você colocar uma tigela de água perto de suas ofertas, ele lavará sua comida antes de comê-la, daí seu nome, guaxinim. Se não houver água por perto, ele sentirá sua comida por um tempo para “energizá-la” bem antes de comê-la. O guaxinim que aparece como um sinal dirá para você cuidar daqueles que foram esquecidos e compartilhar a abundância com os pobres. Ele nos ensina que, quando estamos realmente com fome, todos os alimentos são seguros para comer, contanto que tenhamos respeito e consideração pela abundância do universo. Também nos ensina a importância de redistribuir a riqueza para quem não tem o suficiente, às vezes chegando a roubá-la de mesquinhos e egoístas que não sabem repartir. As leis do sistema não são as do Criador e é importante antes de tudo ser justo, mesmo que isso signifique colocar uma máscara e esgueirar-se noite adentro para levar o que fará a felicidade dos mais pobres dos pobres. Recorra à medicina do guaxinim para cultivar a compaixão, a generosidade e a capacidade de encontrar em todos os lugares e sempre o necessário para atender às necessidades de sua família, de seus amigos e também dos esquecidos em sua comunidade. O guaxinim tem as mãos muito habilidosas que podem abrir portas e janelas, caixas fechadas e geladeiras. Pessoas do totem do guaxinim tem grande destreza manual, útil ao pintar ou tocar um instrumento. São pessoas que se preocupam em defender o interesse coletivo, atuando como ativistas de causas sociais, empenhando em ajudar os mais necessitados. Engenhosas e adaptáveis, buscam sempre o essencial da vida, gostam do lúdico de brincar com máscaras, disfarces, aparências e com personalidades. O totem do guaxinim também diz para entrar em contato com seu guerreiro, cuidar das necessidades dos membros da tribo antes de cuidar de suas próprias necessidades, ajudando os oprimidos a desenvolver seu próprio sistema de proteção e habilidade interior. Os guaxinins honram a energia da vigilância como protetora de todo o grupo O guaxinim traz como um alerta sobre a energia da ganância, lembre-se de tomar cuidado com aqueles que recebem, mas nunca dão em troca. Não desperdice sua generosidade com aqueles que se recusam a ajudar a si mesmos. Cuidado, com o risco de roubar ideias ou bens alheias em beneficio próprio. O guaxinim é conhecido por sua máscara facial única. Máscaras têm sido usadas em todo o mundo para atingir um estado alterado de consciência e explorar o conhecimento oculto. Crie uma máscara do seu animal de poder e use-a.

  • Totem Vagalume

    A medicina da Iluminação, do Despertar, entendimento, luz e escuridão, equilíbrio. O significado simbólico do vaga-lume é clarear, com iluminação e luz, e assim por diante. Embora isso seja um foco importante, a questão da luz não é a característica maior por trás do significado simbólico do vaga-lume. Pelo contrário, é a mensagem que esta criatura maravilhosa nos dá enquanto sua luz estiver apagada pode ser mais profunda para o nosso crescimento do que imaginamos. Uma criatura de aparência comum durante o dia, reconhecidamente, o vaga-lume é uma notável criatura quando brilha à noite. Esta é uma mensagem simbólica para nós seres humanos que, apesar de nossa aparência física pode parecer um caminho - é a nossa máscara interna - o que está dentro de nós (como o nosso espírito) é o que nos faz brilhar de dentro para fora. O que está dentro de nós sempre nos ilumina e aos que nos rodeiam. O vaga-lume simboliza a luz no escuro, bem como o mistério e a magia da vida. O vaga-lume é um inseto noturno que prefere a noite à luz do dia. Ao anoitecer, esses insetos alados produzem bioluminescência para atrair presas ou companheiros. Como animal totem ajuda descobrir a liberdade em sua própria essência e permite que você deixe sua mente voar livremente durante a noite. Quando brilha ele está irradiando sua luz interior, para que todos possam ver. Eles não apreciam quando alguém lhes diz como devem viver suas vidas. Para eles, viajar é muito mais importante do que criar relacionamentos duradouros com outros seres humanos. As pessoas que nascem com um totem do vagalume têm o poder de trazer esperança e inspiração para outras pessoas. O vagalume nos lembra de ser uma luz para os outros em tempos sombrios, iluminando o caminho para qualquer pessoa que esteja perdida ou que precise de orientação. Por isso, muitas vezes tu és o ombro em que choramos e tu és o primeiro a abraçar alguém, mesmo que digam que está tudo bem: tu vês no fundo e dá para perceber isso ele está passando por algo difícil e precisa ser abraçado. Aqueles que passam algum tempo com esses indivíduos únicos logo se sentem inspirados a perseguir seus sonhos há muito esquecidos. Vaga-lume tem um impacto benéfico nas pessoas que lutam contra a depressão. Ele é um ser capaz de encontrar e nutrir a esperança dentro de nós Devido a sua natureza gentil e atenciosa, sorria , perdoe aqueles que te ofendem, mostre gratidão, ajude os necessitados. O Totem do vagalume diz : lembre-se, você carrega uma grande luz dentro de você.